Silêncio e resiliência


Publicado em: 01 de November de 2017

Categorias:Artigos



Silêncio e resiliência

Raramente encontramos a presença do “silêncio” (interno ou externo) no dia-a-dia, e menos ainda a presença do estado de “resiliência”.

A mente, quando está escrava do próprio egoísmo, de sua individualidade, não suporta o “silêncio” e deturpa o significado da palavra “resiliência”.

O silêncio e a resiliência são frutos de correta meditação, de correta atenção a realidade. Tornando-se alimento para a compreensão e terapia eficiente para o sistema nervoso central.

Por exemplo: Você consegue se situar em silêncio mental enquanto uma pessoa fala com você? – Ou seja, não julga, sem criticas e nem gera palpites enquanto ela fala. E assim, com a mente em paz e em silêncio apenas escuta em segurança interna – resiliência. Aguardando a sua vez de falar de forma responsável, digna, pacífica e inteligente. Isto é impossível para muitos, mas é possível sim.

Ou você consegue, estando diante de determinado fato, buscar conscientemente encontrar a melhor palavra, atitude ou sentimento para possibilitar uma comunicação transparente e eficiente; e agir com a integridade que cabe a sua responsabilidade diante da própria realidade? Isto é resiliência na ação, não apenas na ideia.

Resiliência não é suportar o impacto, suportar significa que o golpe já entrou, suportar ainda é levar no pessoal algo que na realidade se torna pessoal devido a que a sua mente considera ser pessoal. Resiliência é estar seguro internamente e não sentir o impacto, é não levar os acontecimentos no pessoal, busque ter relação pessoal apenas com seus reais valores, com sua integridade e coerência, através de sua capacitação e responsabilidade. É claro que não é fácil, mas é possível sim.

Será você que vai decidir onde vai alinhar a sua mente e as suas ações e não o outro ou a situação. Não somos vitimas, mas sim senhores de nossa mente e de nossas ações. Pois a resiliência não nos leva a omissão ou a subjugação, mas sim ao empoderamento de reais capacidades, cada um fazendo o melhor que pode com a sua expertise.

Estas simples situações internas, que vão proporcionar integridade e eficiência as ações individuais e coletivas, são naturalmente difíceis devido ao hábito de termos a mente sem controle, ou seja, a mente é reativa por condicionamentos, preguiça, hábitos, medo e por ignorância.

O silêncio que surge de um estado de atenção eficiente – Concentração – possibilita manifestar por si mesmo a autogestão eficiente. Assim, a segurança interna surge devido a correta percepção da realidade interna e externa. A reflexão por uma mente pacífica é capaz de nos levar a compreensão da realidade e de suas possibilidades de ação para o bem comum.

Possibilitando-nos uma <<Gestão de conflitos e de valores>> simultâneos.

O treino de Meditação Mindfulness Advaita desacelera e pacifica a mente em relação ao universo interno e externo e nos possibilita a capacidade de posicionar-nos diante da vida de forma pragmática, precisa e inteligente. E isto é uma forma de Consciência e de Amor.

Aquele que medita, ou o aikidoista, devem estar diante de um combate/situação com a mente em silêncio e estabelecido em correta atenção externa Estado de Concentração. O coração e a mente em resiliência se mantém imóvel diante da realidade que não controlamos e a partir desta quietude interna, nos tornam disponíveis as possibilidades de ação que surgem junto a própria realidade.

A nossa real segurança interna provém de nossa capacitação prévia alinhada a segurança de termos uma mente não reativa e uma correta atenção a realidade. A ação construtiva – individual ou coletiva – surge a partir dai.

Somos todos guerreiros neste combate contra a violência do egoísmo interno e externo.

Medite

Eloi

Artigos Recentes


×

RECEBA MATERIAIS EXCLUSIVOS NO WHATSAPP


LIDERANÇA MEDITAÇÃO AVANÇADA MEDITAÇÃO PARA INICIANTES



ENTRE EM CONTATO


SIGA-NOS


PARTICIPE DOS GRUPOS

LOCALIZAÇÃO




Mindfulness Advaita - Todos os direitos reservados


Designed by - Zafre Web & Social Media