¡Bienvenido!

(Português do Brasil) Todos querem o aprimoramento, mas quem trabalha para isto são poucos.

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Todos querem o aprimoramento, mas quem trabalha para isto são poucos.

O aprimoramento como pessoa e como profissional se torna um processo natural e contínuo quando confrontamos a nós mesmo diante da realidade.

Diante de qualquer situação, o comum é a mente reagir ao que está acontecendo, ou seja, de imediato, por hábito e condicionamentos, a mente vai aprovar ou reprovar, vai gostar ou não gostar, e isto tudo será fruto do desejo pessoal de sempre querer algo. Parece certo e responsável, mas não é.

Não reagir não é ser cúmplice ou ser omisso, muito pelo contrário, é buscar a eficiência diante dos desafios naturais que já se apresentam no Aqui e Agora e onde ainda não temos as soluções que irão se apresentar a uma mente não reativa.

A questão básica, é que não se percebe o movimento reativo da mente, esta reação mental e emocional surge de forma automática, ou seja, a pessoa sempre reage do mesmo modo a realidade que nunca é a mesma.

A realidade quando se manifesta já se encontra no Momento Presente e ela não solicita a nossa aprovação ou reprovação reativa. No entanto, esta situação no Aqui e Agora, nos solicita imediata Atenção Eficiente e após termos uma percepção coerente da realidade, ou seja, por correta percepção dos fatos, vamos identificar as solicitações que nos cabe – saber as nossas responsabilidades reais -, para que assim, possamos buscar a melhor solução possível diante desta realidade. 

Então a proposta do treinamento em Mindfulness Advaita, é aprimorar a percepção não reativa – Atenção Eficiente –  e saber que a primeira coisa que temos que identificar é a reação ineficiente e incoerente aos fatos do Momento Presente ou seja, identificar a reação automática.

Muitas vezes, a mente até parte de um foco direcionado, mas em alguns minutos – ou segundos – estará em um estado interno de total incoerência mental e emocional – reativa -, e isto não vai possibilitar encontrar as inovações e manifestar as ações necessárias para o fluir de qualquer projeto.

A base do conflito que surge entre as pessoas quando estão diante de dificuldades, é o conflito devido de a própria pessoa estar em constante incoerência interna, constantemente estará pensando e sentindo coisas desalinhadas a realidade. O seu foco de atenção pode lhe parecer correto, porém, a sua base cognitiva estará apenas no próprio desejo, medo, dúvida, e na culpa. E estes estados de ineficiência crítica são mais frequentes do que se imagina e são sempre ineficientes.

E o estado interno de quem sabe meditar e assim, sabe estabelecer-se em uma mente não reativa, coerente e disponível as necessidades e sempre com reais competências e responsabilidades definidas, não precisa navegar por estas águas cognitivas do egoísmo.

E o aprimoramento consciente passa pelo reconhecimento dos equívocos que já se encontram estabelecidos na mente, mas a partir da identificação – desenvolvimento do autoconhecimento – se torna realmente possível transcender estas barreiras internas, pois os equívocos e as incompreensões não representam a nossa verdadeira natureza de Consciência.

Mas é preciso buscar este aperfeiçoamento, pois cada um tem a sua liberdade ao agir, mesmo que a ação tenha como base a incoerência reativa à realidade.

Meditação Mindfulness Advaita. Sempre inspirando a expressão da Consciência.
Eloi Campos

admin

admin

Leave a Comment